Nosso Valores

A igreja de Atos tinha muitos valores, como vemos. Mas sempre existem aqueles valores mais fortes e abrangentes, que englobam outros, e que determinam o jeito de ser da igreja.

A Igreja Batista Central do Barreiro definiu cinco valores principais, através dos quais quer orientar seus objetivos, esforços e relacionamentos. São eles:

1. Relacionamento com Deus

“Mestre, qual é o grande mandamento na Lei? Respondeu-lhe Jesus: Amarás o Senhor teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e todo o teu entendimento. Este é o grande e primeiro mandamento. O segundo, semelhante a este, é Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda Lei e os Profetas.” Mateus 22.36-40

“Respondeu Jesus: Se alguém me ama, guardará a minha palavra; e meu Pai o amará, e viremos para ele e faremos nele morada. Quem não me ama não guarda as minhas palavras; e a palavra que estais ouvindo não é minha, mas do Pai, que me enviou. Isto vos tenho dito, estando ainda convosco; mas o consolador, o Espírito Santo, e a quem o pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar de tudo o que vos tenho dito.” João 14.23-26

 “Ó tu que escutas a oração, a ti virão todos os homens.” Salmos 65.2

“Bendito seja Deus, que não me rejeita a oração, nem aparta de mim a sua graça.” Salmos 66.18-20

 “Porém Samuel disse: Tem, porventura, o SENHOR tanto prazer em holocaustos e sacrifícios quanto em que se obedeça á sua palavra? Eis que o obedecer melhor do que sacrificar, e o atender, melhor do que a gordura de carneiros.” I Samuel 15.22

 “e tudo quanto pedirdes em oração, crendo, recebereis.” Mateus 21.22

“Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças.” Filipense 4.6

“E tudo quanto pedirdes em meu nome isso farei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho.” João 14.13

“Não fostes vós que me escolhestes a mim; pelo contrário eu vos escolhi a vós outros e vos designei para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo conceda.” João 15.16

2. Relacionamento familiar

A família é a base da igreja. Lares ajustados produzem uma igreja ajustada. O propósito de Deus será estabelecido através de famílias que vivem e servem de acordo com os princípios da Palavra de Deus.

“Ora, disse o Senhor a Abraão: Sai da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai e vai para a terra que te mostrarei; de ti farei uma grande nação, e te abençoarei, e te engrandecerei o nome. Sê tu uma benção! Abençoarei os que te abençoarem; em ti serão benditas todas as famílias da terra.” Gênesis 12.1-3

A grande causa dos problemas da humanidade está no histórico familiar: Lares destruídos gerando crianças e adolescentes desajustados, adultos imaturos ou delinquentes. A restauração dos relacionamentos familiares e o perdão na família, são fatores de saúde e crescimento para as pessoas. Por isso a família é um grande valor para a Igreja Batista Central do Barreiro.

“Responderam-lhe: Crê no senhor Jesus e serás salvos, tu e tua casa.” Atos 16.31

“Deus faz que o solitário more em família; tira os cativos para a prosperidade; só os rebeldes habitam em terra estéril.” Salmos 68.6

“Assim, já não sois estrangeiros e peregrinos, mas concidadãos dos santos, e sois da família de Deus.” Efésios 2.19

3. Relacionamento com os irmãos

Cremos que viver em amor e em sujeição uns aos outros é a característica mais marcante de um autêntico cristão.

“Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros.”  Romanos 12.10

“Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor procede de Deus e conhece a Deus. Aquele que não ama não conhece a Deus pois Deus é amor” 1 João 4.7-8

“Sujeitem-se uns aos outros, por temor a Cristo.” Efésios 5.21

“Antes, sede uns para com os outros benignos, compassivos, perdoando-vos uns aos outros como também Deus, em cristo vos perdoou.” Efésios 4.32

Cremos na aliança de fidelidade e na honra mútua como a base de toda a liderança cristã.

A fidelidade é uma qualidade daqueles que são verdadeiros discípulos de Cristo.

“Todo homem esteja sujeito ás autoridades superiores; porque não há autoridade que não proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por ele instituída.”  Romanos 13.1

“O homem fiel será cumulado de bênçãos” Provérbios 28.20a

4. Serviço ao próximo

A base do nosso relacionamento e trabalho é o amor e o serviço. O serviço ao próximo, seja ele cristão ou não, é a marca de um verdadeiro cristão. A compaixão por aqueles que não conhecem a Cristo é uma das marcas da Igreja Batista Central.

“Ao desembarcar, viu Jesus uma grande multidão e compadeceu-se deles, porque eram como ovelhas que não têm pastor. E passou a ensinar-lhes muitas coisas” Mateus 6.34

“Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o perdido.”  Lucas 19.10

“Pois o próprio Filho do homem não veio para ser servido. Mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos.” Marcos 10.45

Quando a igreja atua motivada pela compaixão, as pessoas percebem, são abençoadas, e acontece transformação na sociedade. Queremos uma igreja que seja relevante para a sociedade onde está inserida. O atendimento às necessidades e o direito dos pobres, necessitados e excluídos da sociedade é também papel da igreja.

“O que dá ao pobre não terá falta, mas o que dele esconde os olhos será cumulado de maldições.” Provérbios 28.27

“Respeitem os direitos dos órfãos e dos estrangeiros que moram nas cidades de vocês. Não aceitem como garantia de pagamento de uma dívida a roupa da viúva a quem vocês emprestam alguma coisa.” Deuteronômio 24.17

5. Treinamento e Capacitação

Cremos que todo cristão é um ministro, que deve ser incentivado e preparado para usar seus dons no Reino de Deus. Cremos que o ensino ungido da Palavra de Deus e a capacitação pessoal são fundamentais para o desenvolvimento de cada cristão.

Capacitar cada membro para ser um ministro e atuar no serviço do reino de Deus é um valor muito importante para a Igreja Batista Central do Barreiro.

“E ele mesmo concedeu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelista e outros para pastores e mestres, com vistas ao aperfeiçoamento dos santos para o desempenho do seu serviço, para a edificação do corpo de Cristo.” Efésios 4.11-12

“E lhes fez a seguinte advertência: A seara é grande, mas os trabalhadores são poucos. Rogai, pois, ao Senhor da seara que mande trabalhadores para a sua seara.” Lucas 10.2